Segurança de dados: como está a confiança no ecommerce?

Um dos desafios surgidos durante a pandemia está na segurança de dados das empresas que trabalham com tecnologia. Além da necessidade de se adequarem à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), as organizações viram o crescimento no número de ataques do tipo ransomware a diferentes tipos de segmentos. O setor de ecommerce é um dos mais visados pelos cibercriminosos, principalmente pelo grande número de pessoas que passaram a realizar suas compras online.

A pesquisa EY Future Consumer Index (FCI) avaliou os hábitos de consumo das pessoas durante a última Black Friday, em 2021. As tendências de comportamento dos usuários tendem a seguir em 2022. Entre essas tendências, o fato de que 73% dos entrevistados pretendem fazer a maioria das suas compras online, e 28% pretendem dividir as compras entre as lojas físicas e virtuais.

Desconfiança na segurança de dados

Apesar da preferência pelo ecommerce, a desconfiança com a segurança dos dados pessoais ainda é alta. Apenas 7% dos consultados afirmou confiar totalmente em empresas que trabalham somente no ambiente virtual. Fatores como uma experiência de compra ruim ou uma violação de dados colaboram para esse número. Nos Estados Unidos, esse número é bastante parecido, mas com um acréscimo de informação: 48% dos americanos descartam comprar novamente em uma loja virtual quando a mesma utiliza de forma errada suas informações pessoais.

Mesmo com números de confiança baixos, cerca de 75% do público aceita ceder seus dados pessoais em troca de promoções personalizadas. Para Frederico Mascarenhas, consultor da EY-Parthenon, a proteção dos dados dos clientes é o básico, e ser 100% transparente quanto ao uso desses dados é obrigação.

O consultor ainda afirma que, para melhorar a segurança de dados, as empresas devem investir em um setor de TI robusto para fazer a gestão de dados e garantir sua proteção, além de apostar em criptografias e processos bem estruturados e implementados.

Proteja seus dados com a Under

Na Under, a segurança das suas informações começa nos datacenters Tier-3 instalados em São Paulo. Sua infraestrutura tecnológica de ponta entrega mais proteção e disponibilidade de acessos aos servidores dedicados e cloud. A Under também oferece soluções em backup, proteção anti-DDoS, Firewall e criação de VPNs para acesso seguro. Para saber mais sobre o que a Under pode fazer por você, clique aqui.

Confira outros posts