Como se defender de um ataque DDoS?

Uma das coisas que a Under sempre reforça com seus clientes é a importância de se investir em segurança de dados. Um dos problemas que as equipes de TI enfrentam nessa tarefa é combater um ataque DDoS. Já falamos sobre esse tipo de ação em nosso blog, explicando como funciona um ataque distribuído de negação de serviço. Agora é hora de entender como proteger seu servidor de um deles.

O que é necessário para se proteger?

Para se ter ideia, os ataques de DDoS volumétricos com mais de 100Gbps cresceram 967% entre 2018 e 2019. Mais recente, em 2020, foi identificado um ataque DDoS que atingiu 92Gbps e 10,38 milhões de pacotes por segundo. São volumes de dados capazes de derrubar projetos e paralisar empresas, criando prejuízos econômicos.

Combater os ataques de negação requer alguns atributos, dentre eles:

– Saber diferenciar entre os picos de tráfego o que é decorrência de um ataque ou de uma alta demanda de usuários;

– Capacidade de bloquear o tráfego oriundo de bots sem interromper o acesso de usuários legítimos;

– Da mesma forma, conseguir rotear o tráfego restante em porções gerenciáveis para evitar a negação de serviço;

– Analisar constantemente o tráfego do servidor em busca de padrões maliciosos para ajudar no desenvolvimento de defesas mais eficazes.

Boas práticas para evitar ataques DDoS

1) Adaptar suas táticas de acordo com a necessidade de proteção. Utilizar um recurso de proxy reverso pode impedir invasores de identificar os endereços IP dos seus servidores. Se o objetivo é proteger a infraestrutura de rede, o redirecionamento do Protocolo de Gateway na Borda (BGP) pode ser uma alternativa.

2) Avaliar a capacidade do servidor em mitigar ataques DDoS sem afetar os serviços. Isso é importante para ganhar tempo e movimentar esforços para manter o tráfego realmente útil em operação.

3) Desempenho e segurança são aliados. Os ataques DDoS causam lentidão e latência de acesso, o que pode prejudicar seus negócios. Ações como direcionar o tráfego para centros de depuração pode tornar a operação mais lenta. Além de robustez, o data center onde seu servidor está deve ser capaz de oferecer soluções que sustentem a proteção de dados sem reduzir a atividade de operações.

4) Estar um passo a frente dos invasores é fundamental. Estar preparado para os diferentes tipos de ataque DDoS e identificar os padrões maliciosos antes da ação massiva ajuda a criar uma resposta rápida para combater o problema antes que torne proporções maiores.

Proteção Anti-DDoS na Under

Os clientes da Under contam com proteção anti-DDoS de até 10Gbps em cada servidor. Isso significa mais tempo para identificar e mitigar ações criminosas sem prejudicar as operações do seu servidor. Além disso, soluções em backup & restore garantem uma proteção contínua de seus dados, bem como uma recuperação total em caso de falha no bloqueio do ataque. A equipe da Under é uma das mais preparadas quando o assunto é segurança, e está pronta para esclarecer suas dúvidas e ajudar a encontrar as melhores soluções para sua empresa. Para isso, é só falar com a gente nesse link.

Confira outros posts